Por Alisson, PR7GA


Conforme noticiamos ontem, a reunião do Conselho Diretor da Anatel foi iniciada hoje em torno das 11:10. Já no item Nº 02 da pauta da reunião2, a proposta da nova resolução foi aprovada pelo placar de 3 a 2 pelo Conselho. Entre outras novidades, ela traz a extinção da taxa de homologação de produtos de telecomunicações. Por volta do meio dia, a decisão de aprovação foi finalmente promulgada pelo presidente Leonardo de Morais, que afirmou:


Drone, equipamento de radioamador, ou qualquer outro produto a ser usado por usuário final, não cobraremos mais qualquer taxa, em uma iniciativa para baratear os custos do Estado brasileiro, em apoio ao esforço do Ministério da Economia.

Uma mudança apenas foi proposta pelo presidente com relação às atuais três categorias de produtos de telecomunicações, tipos I, II e III. Basicamente, ao invés desta categorização tripla e definida em resolução, como é hoje, o presidente propôs classificá-los por produtos e famílias e não por categorias, como atualmente. Além disso, deixa mais flexíveis os testes que não precisarão ser feitos em território brasileiro, além de dar mais autonomia para os técnicos da agência analisarem os pedidos.

Esta classificação será mais flexível e definida em procedimentos operacionais e outros instrumentos infra-resolução. Isto significa que será bem mais fácil propor e aprovar mudanças nesta área, o que é muito importante por conta da rápida evolução da tecnologia e o aparecimento de novos produtos.

A mesma mudança também foi efetuada no plano de bandas para as faixas de radioamador, há um ano. Antes, ela era definida em Resolução, o que tornava muito difícil eventuais mudanças que naturalmente acontecem no mundo do radioamadorismo, o que deixava sempre o Brasil bem atrasado em relação ao exterior. Pelo que foi aprovado na Resolução 697, que foi alvo de análise aqui no QTC, o plano de bandas foi editado em Ato, muito mais fácil de mudar que uma resolução pra se adequar a novos tempos.

Mais uma vitória para o radioamadorismo e mais uma vitória para a LABRE que, não custa lembrar, é a única representante dos radioamadores brasileiros junto ao Governo Federal e outras entidades como a Anatel. Soubemos por meio de interlocutores lá de dentro que a LABRE goza de alto prestígio dentro não só do governo federal, mas também junto à Anatel, pelo seu empenho incansável na defesa dos interesses do radioamadorismo nacional, lutando por TODOS, indistintamente, sejam labreanos ou não. Isso é motivo de orgulho para todos nós!

Parabéns, radioamadores brasileiros! Parabéns, LABRE! Parabéns, Anatel! Hoje foi um dia histórico. Resta, agora, tão somente a publicação oficial da nova resolução, o que acontecerá, cremos, em breve. O QTC da ECRA estará, como sempre, atento.

Em breve, quando for publicado pela Anatel, divulgaremos o vídeo da íntegra da reunião, para que os colegas acompanhem.

VIVA O RADIOAMADORISMO!!!!!

Fontes: 
https://www.anatel.gov.br/institucional/transmissoes-ao-vivo
http://www.telesintese.com.br/usuario-final-nao-tera-mais-que-pagar-taxa-para-certificar-seu-equipamento-na-anatel/

Receba em seu celular e em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB
Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB

12 Comentários

  1. Maravilha, ótima noticia. Finalmente findou-se este absurdo. E que bom saber que a LABRE tem alto prestigio junto a Anatel, acho novamente, mais que oportuno a própria representante dos radioamadores começar a conversa sobre uma mudança da legislação em favor dos radioamadores, de forma a possibilitar ingresso ao radioamadorismo, eleminação do cw e também aprimorar de forma mais técnica e ética às provas às substitutição de classe e ainda possuir novas atitudes principalmente na fiscalização aos "maus radioamadores". Isto é consenso geral. Mas, acredito que logo isto tudo virá, afinal caminha-se a passos curtos, mas caminha-se.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns para a LABRE e a todos radiadores pela conquista. 73.PU3 ILS .

    ResponderExcluir
  3. Que maravilha,tantas pessoas que querem se integrar e não pode,espero que se estenda a todas as esferas,radioamador e radiocidadào.Estamos sempre inidos no mesmo objetivo.

    ResponderExcluir
  4. Uma decisão sensata, parabéns a Labre e a todos os Radioamadores.

    ResponderExcluir
  5. Boa notícia para nós amantes dos rádios

    ResponderExcluir
  6. Muito bom, , parabéns a todos nós.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não ficou resolvido o problema dos equipamentos sem o FCC ID, os equipamentos antigos até 1983, estavam amparados pela portaria 01 e agora estamos sem. Continuamos no limbo e com os rádios guardados no armário.
    Vejo como meia Vitória, ainda falta ajeitar isso tudo.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns a todos colaboradores,pela conquista..Pu3FCC.Edson

    ResponderExcluir
  9. Muito bem, como ja disseram aqui, uma vitoria parcial, quem tem como muitos um equipamento anterior a 1983 e em kit - Heath Sb 102 - fica a descoberto alem de que, baseando-se em homologados pela FCC somente Yaesu, Icom e Kenwood serao comtemplados, quanto a exigencia de provas de operaçao em CW para promoçao de classe, baseando-se em conhecimento tecnico - muitos PY antigos nao teem nem um nem outro - legislaçao e etica operacional ai, sim, seria um grande avanço.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Parabéns a todos os amigos das ondas hertzianas!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem